23.2.10

"..."


Ser de dentro,
Ser por dentro;
E não ser nada,
No fundo,
No sangue;
Vazio como a sede,
O gretar oco da palavra…

Se por dentro como nada;
No fundo,
Da pele
Da carne,
Como a calma
- O acordar tísico da bela morte;
A palavra oca
Como fome…



(imagem gentilmente cedida pelo 'PC' da Claudia Silva)